Select Menu
» »Unlabelled » Valorize o que é teu
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Fala ae Mutchatchos e Mutchatchas, vai aí uma palavrinha.
 As crises tem o poder de manifestar o que há de melhor e de pior dentro de nós, que nós seremos aprovados por Deus ou reprovado por Ele.

 Génesis 25:29-34

(Esaú não de valor a sua primogenitura e perdeu a benção e o que poderia ter sido)

  A história de GN 23 é a história de um homem reprovado por Deus, esse homem se chama Esaú e Esaú nunca chegou a ser aquilo que ele poderia ter sido, ou seja um príncipe de Deus.
  E se você  me perguntar o  por que Esaú não chegou a ser um filho de Deus. Faltou-lhe unção?(não) A unção para lhe fazer príncipe estava disponível.  Mas Esaú a rejeitou, ele a desprezou, ele tinha disponível a unção ou o poder de Deus que o tornaria o que ele havia nascido para ser. O fato é que embora a unção estivesse disponível Esaú a rejeitou, e com isso ele jogou fora o melhor que Deus havia preparado para ele. Esaú era irmão gêmeo de Jacó, mas nasceu primeiro, o que lhe dava direito a benção da primogenitura, mas Esaú não valorizava esse direito já Jacó seu irmão já sabia o tamanho desse valor e queria de qualquer forma essa benção.

 Naquela época aquele que tinha a benção da primogenitura se tornaria o líder espiritual de sua tribo seria líder de sua casa, seria conhecido como sacerdote e ele estaria  entre Deus e o povo Deus falaria com ele , Deus se revelaria a ele.

 A benção de ser o primogênito lhe dava grandes valores, o primogênito tinha o direito de ser o primeiro a comer na mesa, ganhava a melhor roupa, a honra que a família daria e que o povo daria era para o primogênito, tudo isso era direito de Esaú, ele tinha unção para liderar ele tinha o direito e a unção para ser cabeça. Esaú havia nascido para ser grande, ser príncipe ele havia nascido com o destino de reinar. Esaú não soube valorizar o que Deus não havia dado.  Embora a primogenitura  lhe desse vantagens carnais de ser o primeiro Esaú abriu mão do que ela representava espiritualmente ele era fraco na fé.
Desprezar a unção dos príncipes custou muito caro para Esaú, ele não só desprezou como ele trocou a primogenitura por um prato de sopa
Esaú na hora de sua crise, na hora de sua necessidade , ele disse que estava faminto a ponto de morrer.  É claro que existe um certo drama, mas o que tudo indica é que ele era uma pessoa carnal, e por ser uma pessoa carnal ele estava sempre disposto a resolver seus problemas rapidamente por que não queria sofrer e passar por dificuldade.  Para ter sua necessidade em atendida ele abriu mão de sua benção de seu direito de reinar por um prato de sopa. Por ser uma pessoa carnal ele ignorou as coisas que eram espirituais pois ele não entendia que a benção da primogenitura era palpável espiritualmente era ela que diferenciaria a vida que ele iria viver no meio da sociedade onde ele estava.
  

 Então meus amigos leitores temos que dar valor ao que temos, ser grato até no pouco, pois isso molda quem nós somos, isso molda nosso caráter e nos diz o que e quem vamos nos tornar no futuro.  Já nascemos mais que vencedores, herdeiros do trono e do que há de melhor nesta terra.

Paz e graça!

Autor Pequeno

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário